Novembro Azul – Dia Mundial do Diabetes

Por Nutri Marina Medeiros

O Diabete Melito é uma doença tão antiga quanto a própria humanidade. Os papiros de Ebers, datados de 1500 a.C., descreviam uma doença semelhante ao diabete, com quadro de poluiria (secreção excessiva de urina), polidipsia (consumo excessivo de água), e perda de peso, tendo a morte como desfecho inevitável. Durante os séculos V e VI d.C. , a urina doce que atraia formigas e outros insetos foi observada por médicos indianos, e alguns pacientes eram tratados com banhos mornos e vinhos aromáticos. Em torno de 100 d.C. os médicos gregos recomendavam cavalgadas para empregar fricção moderada devido a coceira excessiva dos seus pacientes. E em 1776 que um médico inglês atribuiu o sabor doce da urina com o excesso de açúcar no sangue.


Daí em diante segue-se um caminho de pesquisas para esclarecer os mecanismos que envolvem o Diabete e em 14 de novembro de 1921 um médico inglês e seu assistente descobrem a insulina. Essa é data em que se comemora o DIA MUNDIAL DO DIABETES.


Embora seja uma doença antiga e classificada em Tipo 1 e Tipo 2. A incidência do Tipo 2 – mais relacionado com os hábitos alimentares e a obesidade – vem crescendo espantosamente, e acometendo também crianças, adolescentes e adultos jovens especialmente em países em desenvolvimento e recentemente industrializados, demonstrando o impacto das alterações no estilo de vida e padrão alimentar.
Há ainda, muitos conceitos errados sobre alimentação e nutrição em Diabete e, já há evidencias suficientes suportando que a dieta muito restrita, deu lugar a uma alimentação balanceada, ajustada de maneira individual, permitindo ao paciente uma vida ativa e integrada ao seu grupo social, desde que se utilize da contagem de carboidratos ou de dietas com porções fixas de macronutrientes acompanhada por nutricionista e toda equipe de saúde.

Word cloud concept illustration of diabetes condition

A doença é crônica e exige alguns cuidados que são para o resto da vida, e a educação em diabetes capacita os pacientes a tomarem decisões baseadas em informação, fazendo mudanças de comportamento, lidando com os aspectos psicossociais de uma forma mais saudável. Pois o mau controle resulta em prejuízo para a saúde e em uma grande probabilidade de desenvolver complicações. A campanha, que faz parte do Novembro Azul, tem na semana do dia 13 ao dia 17 diversas atividades para facilitar o acesso a essas informações e atuar na prevenção e melhor controle de quem já tem a doença.
Iremos seguir as colunas desse mês com mais informações sobre como a nutrição ajuda nessa luta!

Comentários

comments

Related Posts