A Partícula de Deus – O Dia em que Peter Higgs encontrou Galileu Galilei

Um encontro entre dois gênios da ciência. “A Partícula de Deus – o dia em que Peter Higgs encontrou Galileu Galilei”, é o novo texto do consagrado diretor e dramaturgo Júlio Conte.

Galileu Galilei, um dos maiores cientistas de todos os tempos, foi condenado pela Inquisição a renunciar as idéias heliocentristas, propostas por Nicolau Copérnico. Porém dizem que a encrenca com a Igreja ocorreu por ele ser um atomista. Galileu defendia que a matéria era composta por partículas indivisíveis e que entre elas havia o nada, a ausência de Deus.

Peter Higgs, outro grande cientista, ganhou o prêmio Nobel de Física em 2012. Ele descreveu o bóson, uma partícula atômica que oferece massa às moléculas. Denominada a Partícula de Deus, ela ocupa o espaço entre uma partícula e outra. Esta peça construiu uma ponte no tempo entre estes dois grandes cientistas, e você está convidado a participar desse encontro histórico que nunca aconteceu e, por isso mesmo, tão promissor.

cartaz-menor

FICHA TÉCNICA
Texto
: Julio Conte e Marcelo Zubaran Goldani;
Direção: Julio Conte;
Elenco:Luis FrankeHeitor Schmidt e Camila Vergara;
Assistência de DireçãoCatharina Conte;
Iluminação: Fabiana Santos;
Sonoplastia: Ismael Goulart;
Assessoria de Imprensa: Gustavo Saul;
Produção Executiva: Patsy Cecato;
Realização: Fundação Médica do Rio Grande do Sul e Complexo Criativo Cômica Cultural;
Apoio: Grupo A Educação, Departamento de Difusão Cultural da UFRGS e Teatro Nilton Filho;
Entidade beneficiada: Casa de Apoio do Clínicas;

DIA 24 DE OUTUBRO – SESSÕES AS 16 E AS 20 HORAS – SALÃO DE ATOS DA UFRGS

Ingressos antecipados: 50 reais (á venda nas lojas Multisom e no site https://myticket.com.br/evento/1412/a-particula-de-deus-salao-de-atos-da-ufrgs;

Ingressos no local: 60 reais (a bilheteria abre 1 hora antes do espetáculo)

Ingressos com Desconto para Sênior, Estudante e PNE sobre o valor da hora: 30,00

_____________________________________________________

SOBRE JÚLIO CONTE

É psicanalista, diretor de teatro e dramaturgo. Nasceu em Caxias do Sul em 1955. Formou-se em Direção Teatral no ano de 1984 e em Medicina no ano de 1985, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Fez Curso de Especialização em Psicanálise e Psicoterapia Psicanalítica no Centro de Estudos Psicanalíticos de Porto Alegre em 1990.

Escreveu e dirigiu “Bailei na Curva”, “Não Pensa Muito Que Dói”, “Cabeça‑Quebra‑Cabeça”, “Zona Proibida”, “Pedro e a Girafa”, “Um Negócio Chamado Família”, “A Coisa Certa”, “Se Meu Ponto G Falasse” e “O Bafafá da Calça Azul Marinho”, “Mecânica do Amor”, O Rei da Escória, Beckett & Bion – o gêmeo imaginário. Ganhou vários prêmios de teatro adulto e infantil, entre eles se destaca Melhor Espetáculo e Melhor Diretor por “Não Pensa Muito Que Dói”, em 1982. Troféu Açorianos – Prêmio Especial do Júri – para “Bailei na Curva, 1983. Mas o mais importante nesta fase foi “Os Melhores do Ano: Prêmio Inacen‑Ministério da Cultura”, (ex‑Troféu Mambembe) para “Bailei na Curva” que dirigiu na cidade do Rio de Janeiro em 1985. Em 2016 escreveu e dirigiu “A Mecânica do Amor”.

 SOBRE MARCELO GOLDANI

Professor Titular do Departamento de Pediatria da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1985), Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente pela Universidade de São Paulo (1995) e Doutor em Saúde da Criança e do Adolescente pela Universidade de São Paulo (1997), Pós-Doutor pelo Institute of Child Health, da University College of London (1999). Especialização em Gerência e Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2009). Livre-Docente pela Universidade de São Paulo (2011). Membro do Corpo Editorial do Journal of DOHaD. Editor Associado do Panamerican Journal of Public Health 2007-2010. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Saúde Materno-Infantil, atuando principalmente nos seguintes temas: educação em saúde, cienciometria, HIV, eventos vitiais, crescimento e desenvolvimento infantil.

 

a-particula-de-deus-jessica-barbosa-7-menor

Crédito: Jéssica Barbosa

Comentários

comments

Related Posts