Gurizada Medonha em cartaz no Teatro Renascença

Para celebrar os 20 anos da primeira montagem, a Cia Halarde de Teatro realiza uma releitura contemporânea do espetáculo infantil Gurizada Medonha(1997), texto original do jornalista Hélio Barcellos Jr. e direção de Paulo Guerra. A história acontece em um edifício localizado num grande centro urbano. Os protagonistas são seis crianças, entre oito e onze anos de idade, que costumam realizar suas brincadeiras no playground do prédio. Cinco delas são colegas de aula na mesma turma. Os meninos pensam que são mais inteligentes, mais espertos e mais maduros do que as meninas. Mas elas acham os meninos bobos, bagunceiros e medonhos. 

A confusão já inicia em uma simples brincadeira de esconde-esconde. Eles roubam no jogo e elas ficam furiosas. Entre elas, uma unanimidade: não dá para brincar com os guris. A opinião deles não é diferente: é pura perda de tempo brincar com as gurias. Conflitos, namoros, competições e muita confusão recheiam esta clássica história que reproduz a eterna rivalidade entre as crianças. Todos no final das aventuras prometem celebrar a paz. Eles e elas garantem que serão muito amigos e não brigarão mais. Mas, até quando? Gurizada Medonha é uma turma de crianças que transformam os dias, de suas vidas, numa grande brincadeira.

FICHA TÉCNICA
Texto HÉLIO BARCELLOS JR
Direção PAULO GUERRA
Elenco
GABRIEL BORSATTO
LAURO FAGUNDES
MARIHEL MOTTA
MAURÍCIO SCHNEIDER
NATÁLIA XIS
RENATA STEIN
Cenografia JONY PEREIRA
Grafiteiro JACKSON BRUM
Figurino TITI LOPES
Trilha Sonora Original BEN-HUR BORGES
Coreografia RENATA STEIN
Iluminação ANÍLTON SOUZA
Arte e design JACKSON BRUM
Preparação Vocal MARIHEL MOTTA
Fotografia TOM PERES
Cabelos SALÃO DO PAUL
Divulgação RAIAR PRODUÇÕES
Sonorização RUBIA ESMERIS
Bilheteria GIOVANI SANTOS
Voz em off |Elenco da Montagem de 1997 | HEINZ LIMAVERDE | JAQUELINE PINZON | JÚLIO ANDRADE | SILVANA DA COSTA ALVES |VANJA CA MICHEL |ZÉ MÁRIO STORINO (in memorian)
Produção Executiva RAIAR PRODUÇÕES
Produção Artística PAULO GUERRA
Realização CIA HALARDE DE TEATRO

Temporada
Teatro Renascença (Av. Érico Veríssimo, 307 – Menino Deus)
De 07 a 29 de outubro/2017
Sábados e domingos, às 16h
Haverá sessões para escolas nos dias 13, 20 e 27/10, sextas, às 15h.
Valor: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (crianças e jovens até 15 anos matriculados, estudantes, idosos, professores, classe teatral e municipários). Descontos mediante comprovação.
Ingressos antecipados à venda nas Lojas Catarinense Criança (Av. Osvaldo Aranha, 1170, fone 3029-8384 | Av. Azenha, 1093, fone 3013-2838 | Shopping Total, loja 1186, fone 3018-7186) e Ingressos online:www.entreatosdivulga.com.br/gurizadamedonha
Classificação etária: livre
Duração: 1h
Acessibilidade para cadeirantes
e Ar condicionado
***No foyer no teatro um incentivo a economia compartilhada com trocas e doações de brinquedos, criando conexões aos vivo com as famílias.

Crédito: Tom Peres

Produção e divulgação
RAIAR PRODUÇÕES | Ari Lopes
51.99914-6516 | 99260-4445
arilopes.lopes@gmail.com
raiarproducoes@gmail.com

CIA HALARDE DE TEATRO | Paulo Guerra
51.992541055
pauloguerra1@yahoo.com.br

Patrocínio: Gaston Gastonzinho
Apoio Cultural: Catarinense Criança, Accorde Filmes, Gráfica Relâmpago, Salão do Paul,RBS TV, Canal Você, Casa de Cultura Mario Quintana, TVE, FM Cultura.

O Autor | HÉLIO BARCELLOS JR.
Jornalista, formado em 1987 pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), Faleceu em 2011, tendo atuado em diversos meios de comunicação. Escreveu comentários sobre cinema, vídeo e televisão, bem como atuando em edição, reportagem ou redação, teve seu trabalho divulgado em jornal, rádio e em assessoria de imprensa.
Os seus textos dramáticos anteriores foram: GURIZADA MEDONHA (97), MOGLI (96), ALADIM (95), FAMÍLIA MONSTRO (94), A SUPERBRUXA (93), OS TRÊS PORQUINHOS (92) e A PEÇA DO TILINHO (90). Um dos últimos trabalhos foi a produção do livro Sandra Dani – Memórias de uma Grande Atriz. Além deste, escreveu Falos & Stercus – Ação e Obra – Trajetória marcada por inconformismo e prazer (2009). Colaborou nos livros Lâmpada Mágica, uma referência cultural (2008); Memória da Cena 1990-1996 (2007) e Kassandra in Process – O Desassombro da Utopia (2006). Preocupado com o desenvolvimento da criança, buscava ir de encontro a sua sensibilidade, procurando orientação pedagógica, ambientado num gênero, que, se fosse para ser classificado, estaria vinculado ao “Naturalismo” e ao “Realismo”.

O Diretor | PAULO GUERRA
TROFÉU TIBICUERA DE PRODUÇÃO 2005, 2004, 2002, 2001, 2000, 1995 e 1994
Fundou a Cia Halarde de Teatro, que neste ano, completou 27 anos de atividades. Iniciou sua carreira em 1983 como ator, integrando o Grupo da Casa da UFRGS e logo em seguido o Grupo Boca de Cena. Em 1990 estreou como diretor e tem em sua trajetória os espetáculos: A PEÇA DO TILINHO, OS TRÊS PORQUINHOS MOGLI, A SUPERBRUXA, GURIZADA MEDONHA, ALADIM, S.0.S, A VIDA ÍNTIMA DE SELMA, FAMÍLIA MONSTRO, CAÇADORES DE AVENTURAS, O DIÁRIO DA BRUXA ELVIRA, OFF-LINE, CARA DE ANJO , PÉ DE PILÃO, DONA GORDA, APRENDIZ DE FEITICEIRO, CABEÇA DE PAPEL, RAINHA DO LAR, CHAPEUZINHO AMARELO, DOIS DE PAUS, OS TRÊS PORQUINHOS, ENTRE NÓS, ANJO DA GUARDA, JOÃO E O PÉ DE FEIJÃO e NÃO CONTE A NINGUÉM.

Comentários

comments

Related Posts