Divulgada a programação desse ano do Porto Alegre Em Cena

Foi divulgada essa semana a programação do maior evento de artes cênicas do Rio Grande do Sul: o Porto Alegre Em Cena. Confira os espetáculos internacionais dessa edição!

ESPETÁCULOS INTERNACIONAIS

BIG BANG, UN CONCIERTO DE DANZA CONTEMPORÁNEA (Uruguai)

20 e 21 setembro – 21h

Teatro Renascença – CMC

Ingresso: R$ 80 / R$ 40

Tomando como ponto de partida a ciência e, em especial, a física e a cosmologia, este concerto de dança contemporânea abre um questionamento existencialista acerca do nosso lugar no mundo. Dentro de uma proposta que conta com recursos tecnológicos e iluminação inovadora – tudo desenvolvido singularmente para este espetáculo – a respeitada coreógrafa uruguaia Andrea Arobba, junto à companhia Gen Danza, segue sua incansável pesquisa de investigação sobre as linguagens possíveis atualmente na dança, representando uma renovação na cena cultural uruguaia e contando não apenas com bailarinos, mas também artistas de diversas áreas. Nesta encenação, que conta com catorze artistas em cena – e que, juntamente com a diretora, envolveram-se ativamente em sua criação – a ideia é vaporizar as fronteiras entre música e performance.

Crédito: Laura Gandolfo

FICHA TÉCNICA
Direção: Andrea Arobba / Artistas criadores: Andrés Cototo Cuello, Bruno Brandolino, Catalina Lans, Celia Hope Simpson, Gianni Penna, Josefina Díaz, Juan Chao, Juan Miguel Ibarlucea, Laura Rodriguez, Lucía Gatti, María Pintado, Mario Gulla, Nicolás Parrillo e Santiago Bone / Trilha sonora original criada durante o processo pelos artistas com a colaboração de Pablo Casacuberta / Desenho de luz e cenografia: Leticia Skrycky / Iluminação: Santiago Tricot / Figurino: Lucía Arobba / Assistência de figurino: Mariano Purtscher e Virginia Piñeyro / Cenografia: Alejandro Roquero / Registro de ensaios: Paula Machiavello / Produção executiva: Omaira Rodriguez / Direção de produção: Laura Gutman / Produção local: Cecilia Lussheimer / Assessoria de Imprensa: Caro Curbelo / Duração: 85min / Recomendação etária: livre

GÉNESIS VI: 6-7 – TRILOGIA DEL INFINITO III (Espanha)

16 e 17 setembro – 20h

Teatro do SESI

Ingresso: R$ 80 / R$ 40

Inédita na América Latina, a densa e impactante encenação de Gênesis VI: 6-7 estreou esse ano na Europa e chega ao Brasil através do Porto Alegre em Cena. Terceira parte da Trilogía del Infinito, composta ainda por Esta breve tragedia de la carne e seguida por Qué haré yo con esta espada?, o espetáculo tem como ponto de partida uma passagem extraída do Velho Testamento: “Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem sobre a terra e pesou-lhe em seu coração. E disse o Senhor: destruirei o homem que criei de sobre a face da terra, desde o homem até o animal, até o réptil, e até a ave dos céus; porque me arrependo de os haver feito.” (Gênesis 6:6,7). Concebido por Angélica Liddell – multitalentosa artista espanhola, mundialmente consagrada e considerada um fenômeno contemporâneo das artes cênicas – o espetáculo da companhia Atra Bilis Teatro (fundada em 1993, junto a Gumersindo Puche e que, em seu nome, alude à bílis negra, substância do corpo humano que na medicina antiga era a causa da melancolia e hipocondria) desvincula-se totalmente do teatro funcional e busca a materialização do símbolo, com o objetivo de devolver ao espectador a intimidade com seus instintos pré-racionais. Obcecada por temas intangíveis e que fogem à razão, tendo como principais pilares criativos a morte, o amor, deus e o sexo, Liddell – dramaturga, atriz, poetisa, diretora e produtora que não impõe barreiras entre obra e vida pessoal – traz à cena o que há de mais perverso no ser-humano: a decadência das instituições e a perda da beleza. Isso é mostrado através de performances inteligentes e bastante controversas que desafiam qualquer categorização de gênero artístico, sempre banhadas numa energia trágica e, principalmente, melancólica.

Crédito: Luca del Pia

FICHA TÉCNICA
Direção: Angélica Liddell /Texto, cenografia, iluminação e figurinos: Angélica Liddell /Assistentes de iluminação: David Benito/ Octavio Gomez /Intérpretes: Juan Aparicio, Tania Arias Winogradow, Aristides Rontini, Sindo Puche, Angelica Liddell, Yury Ananiev, Sarah Cabello Schoenmakers, Paola Cabello Schoenmakers e Borja López /Técnico de som:  Vincent Le Meur / Técnico de luz: Octavio Gomez / Chefe técnico: David Benito / Direção de palco:  Roberto Baldinelli / Produção: Gumersindo Puche / Assistenta de produção: Borja López / Agenciamento e produção no Brasil: Andrea Caruso Saturnino (Performas Produções) / Coordenação de produção: Carol Bucek / Direção técnica: André Boll / Duração: 100min / Recomendação etária: 18 anos

TREMOR AND MORE (França)

15 e 16 setembro – 19h

Teatro do SESC

Ingresso: R$ 80 / R$ 40

Impressionado com a inventividade e rapidez com que o jovem bailarino Jorge Ferreira apropriava-se de diferentes propostas e facetas artísticas, durante workshop realizado em 2016, Herman Diephuis – coreógrafo holandês radicado na França – resolveu perscrutar esta capacidade de transformação e do fortuito encontro nasceu este sensível e intimista solo de dança contemporânea, que aproxima-se de uma abstração cênica. Em estilo minimalista, com trilha sonora inebriante composta especialmente por Pierre Boscheron e usando como princípio para todo o movimento a agitação e o tremor, a coreografia apresenta um fluxo intenso de sensações, explorando o corpo do bailarino numa grande e enérgica metamorfose de ritmos, uma espécie de frisson, uma dança ritual e catártica, chegando quase ao transe, em total cumplicidade artística.

Crédito: Karim Zeriahen

FICHA TÉCNICA

Conceito e coreografia: Herman Diephuis e Jorge Ferreira / Em colaboração e interpretado por: Jorge Ferreira / Conselheiro artístico: Dalila Khatir / Trilha sonora original: Pierre Boscheron / Iluminação: Sam Mary / Produção: association ONNO / Co-produção: Rencontres chorégraphiques internationales de Seine-Saint-Denis / Com apoio de CND – Centre national de la danse, Instituto Francês no Brasil e Fondation d’entreprise Hermès / Duração: 30min / Recomendação etária: 12 anos

Associação ONNO apoiada pela direção regional de assuntos culturais de Île-de-France – Ministério da Cultura e Comunicação.

MARATÓN DE NEW YORK (Colômbia)

13 e 14 setembro – 19h

Sala Álvaro Moreyra – CMC

Ingresso: R$ 80 / R$ 40

A montagem para o texto do autor italiano Edoardo Erba concebida por El Hormiguero Teatro – grupo de Bogotá (Colômbia) que conta com artistas multidisciplinares e destaca-se criando, desde 2011, obras voltadas às temáticas socialmente comprometidas – convida o espectador a embarcar numa espécie de viagem teatral surpreendente. Com linguagem coloquial e roteiro ágil e extremamente direto, a realidade mistura-se facilmente com visões, elementos cósmicos e metafísica, transformando e enriquecendo a encenação, que mostra as relações entre dois amigos que treinam exaustivamente para a maratona de Nova York e como este cansaço, metaforicamente, pode afetar a vida, gerando uma ampla reflexão que conduz a plateia a uma dimensão mais elevada e etérea.

Crédito: Juan Camilo Arias

FICHA TÉCNICA

Autor: Edoardo Erba / Direção: Gianluca Barbadori / Elenco: Giancarlo Mendoza e Andres Caballero / Iluminação: Mario Ávila / Direção de arte: El Hormiguero Teatro / Direção de produção e distribuição Brasil: Carla Estefan / Apoio: Academia de Artes Guerrero e Ponte tra Culture – soc. Coop. Italia / Duração: 55min / Recomendação etária: 14 anos

Confira aqui a programação completa do festival!

Comentários

comments

Related Posts