“Caio do Céu” estreia no Theatro São Pedro na abertura do Porto Verão Alegre, e você pode colaborar com o Catarse!

…não aguento mais não me mostrar como sou…

Caio Fernando Abreu

 

A nova montagem teatral da Companhia de Solos & Bem Acompanhados, Caio do Céu, transpõe parte do universo de Caio Fernando Abreu para o palco, com uma linguagem híbrida – música ao vivo, imagens projetadas e interpretação – através da atuação da premiada atriz Deborah Finocchiaro e do músico Fernando Sessé. Além de uma equipe qualificada de profissionais de diferentes áreas, a peça conta com a direção do renomado diretor Luís Artur Nunes, amigo pessoal de Caio e um dos organizadores do livro “Teatro Completo” do autor.

Através do diálogo com o espectador e com o próprio autor, Caio do Céu expõe e questiona os valores da sociedade, os tabus, e principalmente as questões da alma humana. O roteiro tem como base os contos, crônicas, poemas e trechos de cartas, textos teatrais, entrevistas e citações do autor. O espétáculo traz para o palco o próprio autor através de vídeos com trechos de suas entrevistas.

O projeto dá continuidade ao piloto “Caio em Construção”, que iniciou com o recital ou performática leitura sonora em novembro de 2015, em parceria com a Festipoa Literária, lançado na Feira do Livro do mesmo ano, com excelente aceitação do público.

Caio Fernando Abreu (1948/1996) é um dos autores mais populares da literatura nacional e mesmo depois de sua morte segue conquistando leitores e fãs, sobretudo o público jovem. É um representante da contracultura: ele foi jornalista, dramaturgo e escritor. Através de situações cotidianas, contestou valores e falou sobre assuntos que até hoje são tabus, como aids, homossexualidade e espiritualidade. Sincero, cru, sórdido, exotérico, irônico, e sobretudo profundo, fala da alma, da fragmentação contemporânea e da valorização da vida.

Convidada para realizar a abertura da 18ª edição do Porto Verão Alegre, as apresentações contarão com tradução para LIBRAS, e no dia 06 de janeiro com audiodescrição, o que vem sendo uma prática constante nas montagens da companhia.

Para a realização da montagem, a equipe lançou o financiamento coletivo através do Catarse com ótimas recompensas, entre elas a festa “Caio na Gandaia” (que acontecerá dia 13 de janeiro na Casa de Teatro de Porto Alegre), livros do autor, bate papos, oficinas, tatuagens e muito mais. Participe, colabore, contribua e divulgue: www.catarse.me/caiodoceu

Espetáculo teatral “Caio do Céu”

QUANDO: dias 06, 07 e 08 de janeiro de 2017 – sexta e sábado 21h e domingo, 20h

ONDE: Theatro São Pedro

(Praça Mal. Deodoro, S/N – Centro Histórico, Porto Alegre/RS)

QUANTO: Antecipados nos pontos de venda do Porto Verão Alegre e na bilheteria do teatro.

Créditos: Ricardo Almeida

FICHA TÉCNICA:

Textos: Caio Fernando Abreu

Concepção e Roteiro: Deborah Finocchiaro e Luís Artur Nunes

Direção: Luís Artur Nunes

Assistência de Direção: Jéssica Lusia e Áurea Baptista

Atuação, Voz e Violão: Deborah Finocchiaro

Atuação, Voz, Handpan, Pandeiro, Sampler e Vaso: Fernando Sessé

Músicas: Deborah Finocchiaro e Fernando Sessé (com exceção dos trechos das músicas “Necessidade” e “Amor Nojento” de Laura Finocchiaro e “Blues da Piedade” de Cazuza)

Direção Musical: Fernando Sessé

Pesquisa de Imagens e Direção de Vídeos: Bruno Polidoro e Daniel Dode

Participação em Vídeo: Marcelo Ádams

Figurino: Antonio Rabadan

Iluminação: Leandro Roos Pires

Projeto Gráfico: Rafael Sarmento

Mídias Sociais e Assessoria de Comunicação: Náthaly Weber

Vídeos divulgação: Leco Petersen

Videomaker: Leo Nasfre

Audiodescrição: Marcia Caspary

Tradução para LIBRAS: Celina Nair Xavier Neta

Consultoria Astrológica: Amanda Costa

Colaborador: Fernando Ramos

Gestão da Campanha Catarse: Liana Farias e Lídia Oyo

Produção: Cristiane Cubas, Deborah Finocchiaro e Ivana Dalle Molle

Coordenação de Produção e Direção Geral: Deborah Finocchiaro

Parceria Cultural: Aldeia e Festipoa Literária

Apoio Cultural: Abstratti Produtora, Amanda Costa Consultoria Astrológica, Associação de Amigos do Caio Fernando Abreu (AACF), Bar do Beto, Carmelita Bar, Casa de Teatro de Porto Alegre, Dometila Café, Estúdio Naymar,  Filipe Severo Filmes, Heráclito Tatoo – Art Tattoo Bar, L’antica Pietra,  Ligia Motta Fonoaudiologia, London Pub & Bistrô, Master Hotéis, Mid Bar, Nunca Filmes, Ocidente, OF Produção Cultural, Pépe Laytano Cucina Mediterranea, Pilates Control, Post Frontier,  Suprem Restaurante, Tablado Andaluz  e TVE e FM Cultura.

Correalização: Companhia de Solos & Bem Acompanhados e Porto Verão Alegre

A COMPANHIA:

A Companhia de Solos & Bem Acompanhados, um dos núcleos de criação cênica mais atuantes do Rio Grande do Sul, caracteriza-se pela mescla de diferentes linguagens, versatilidade e escolha de temas que estimulam a reflexão e o pensamento crítico. Em sua trajetória, já atingiu mais de 500.000 pessoas através de seus espetáculos, oficinas e performances. Além de dezenas de indicações, recebeu 35 prêmios, entre eles 9 de melhor espetáculo, 17 de melhor atriz,  2 de melhor cenário, 1 de melhor direção, trilha, texto adaptado, roteiro e 3 prêmios como melhor artista de teatro. Já percorreu mais de 80 cidades no RS, 18 estados brasileiros, Uruguai e Argentina, participando de temporadas, projetos, mostras e festivais nacionais e internacionais.

Facebook

Instagram

Facebook da Companhia Solos & Bem Acompanhados

Créditos: Leo Nasfre

Comentários

comments

Related Posts