Testamos: Pomada QOD Barber Shop Killer (em mulheres!)

Mudanças nos cabelos costuma demandar tempo, e como nem sempre isso é uma disponibilidade diária, temos de testar o que tem de novo no mercado.

Como o visual retrô está voltando aos poucos para nós, meninas, franjinhas e volumes são bem vindos, bem como os cabelos curtos. O que nos deixa a seguinte incógnita: como arrumar os cabelos em áreas de maior oleosidade e visibilidade?

Foi numa dessas mudanças drásticas no visual (ok, a minha menos, mas…) que surgiu a recomendação da pomada QOD Barber Shop Killer. Não levei muita fé, afinal, supostamente é um produto para homens. Mas a recomendação veio exatamente por isso: habitualmente, produtos para cabelos femininos (especialmente pomadas) vêm com adendos de hidratação, vitaminas, extra brilho, etc, que são responsáveis por dar essa oleosidade ao produto na grande maioria das vezes.

Ou seja, para apenas dar visual e textura, seja franja ou cabelos (mais curtos, inclusive), essa linha se adapta muito melhor, sem colar os fios e sem dar visual de sujo ao longo do dia. 

Além da textura que mais se assemelha a um creme (diferente da textura amanteigada de grande parte das pomadas), o branco do produto permanece mesmo em contato com a pele, podendo assim se dosar melhor o que está se usando. E é claro, essa cor não fica visível nos cabelos.

Como se trata de um produto masculino, o cheiro não é doce, e melhor do que isso, não permanece no cabelo.

Outro grande trunfo do produto (além da embalagem muito gracinha, como toda a linha masculina da QOD, trabalhada no design visual) é que o preço é muito acessível, podendo ser encontrado a partir de R$35,00. Vale a pena considerar que boas pomadas femininas chegam ao dobro deste valor.

Não é sempre que se quer (ou se precisa) de tratamento nos cabelos, e as linhas femininas costumam querer conciliar o tratamento ao cotidiano. Quando se fala de tempo, isso é fundamental; agora quando pensamos em resultados, nem sempre atendem às expectativas. Não é incomum que o uso exagerado de alguma pomada implique em ter de lavar os cabelos para tirar a oleosidade visível (e, muitas vezes, com um shampoo removedor de resíduos ou duas mãos de shampoo). Fora isso, pomadas ainda aterrorizam os sonhos de quem tem cabelos oleosos e sem textura. Por enquanto, então, uma das melhores indicações dos últimos tempos está na finalização com a pomada Killer da QOD.

Comentários

comentarios

Related Posts