Saia de sua zona de conforto e ouse mudar: Salão Lounge VIP

Sabe aquele dia em que você se olha no espelho e nada parece agradar? A pele pode estar bem cuidada, mas daí encontra uma olheira ou uma sarda para implicar? Ou, pior ainda, acha que caiu na mesmice? Nada melhor que se permitir mudar, não é mesmo?

Frente antes: sem corte, franja grossa e um ar sem grassa e exageradamente jovial.

Costas ANTES: Duas tonalidades de cabelo, dando o ar de ressecado e de queimado do sol; Nenhum corte, e camadas não definidas; Pontas desalinhadas.

E foi com essa gana de fazer um Extreme Makeover que fui ao salão Lounge VIP. Aliás, devo dizer que fui ao salão com uma coisa que toda mulher deveria ir: ousadia. Afinal, se é pra deixar meus cabelos nas mãos de um profissional, tenho de ter confiança na leitura dele, e não oscilei em deixar nas mãos de Jojo Santiago, a hair stylist responsável pela nova cara para minhas madeixas.

Para aqueles que não sabem, Hair Stylist é como se fosse a estilista de cabelos, que sabe moldar estilo com teus hábitos. Diferente de uma cabeleireira, por exemplo, que ousa em cortes padronizados, não cria uma coisa especialmente para o teu tipo de rosto e a tua forma de lidar. Um exemplo nítido desses é quando cortam uma franja sem avaliar o crescimento do cabelo, e depois de seco passam uma chapinha para assentar: se você é uma pessoa prática, e/ou que não gosta desse tipo de procedimento diário, esta é uma péssima profissional; Se você precisa dizer o que quer que seja feito em seus cabelos, ou você confia muito no seu discernimento (o que não recomendo quando se quer uma mudança radical), ou você não confia em sua profissional (o que não é nada bom, igualmente).

Se seu cabeleireiro é seu maior confidente, por favor, não deixe de passar suas considerações a ele, sem temer. É importante falar se acha sua nuca feia, se tem medo de franjas ou se quer se sentir mais mulher. As vezes esquecemos de passar nossos receios de convívios sociais adiante, e essas coisas influenciam diretamente na sua relação com o trabalho do profissional. Também é importante falar quantas vezes lava o cabelo por semana, o período em que se lava, e quantos tipos de produto passa (e também, se odeia passar produtos). Alergias a tinta ou a tonalizante? Tem de ser a primeira coisa a ser dita caso esteja realmente disposta a apostar na mudança radical.

Tirando a química do cabelo. Destaque para a cadeira ultra confortável.

Quanto ao salão, o clima é descontraído, onde todos interagem e o café é quente e saboroso. Visualmente é muito bem estruturado, e não causa aquelas claustrofobias que alguns salões causam. Além do mais, todos querem te receber bem – você tem visto isso em salões, sem ter aquele tom burocrático de fundo? – , e cada profissional sabe muito bem de sua área.

Jojo Santiago ao centro do salão.

Jojo santiago explicou todo o processo do clareamento do fio, e optou por uma cor que (acreditem) eu nunca tinha ousado: Loiro. Ela te explica a sistemática do que acontece com o fio, e como atenuar os efeitos negativos – no meu caso, por já ter tintura nos fios, o loiro  pode acabar com aquele aspecto exageradamente amarelo com o passar dos dias, e a solução é usar um anti oxidante para loiros, bem como máscaras e coisas para hidratação, pois sem isso o fio ficará com aspecto feio, cor feia e logo se quebrará. Após o descolorante, ela usou um tonalizante cinza, para já diminuir o efeito visual da oxidação.

Frente DEPOIS: Madeixas loiras e luzes, num corte com bastante movimento nas camadas e uma escova modelada que dá um ar de diva. Franja desfiada e levemente aparada, para deixar crescendo.

Considere que o truque de mestre foi colocar luzes bem fininhas, para harmonizar o cabelo e criar um tipo de transição, sem ficar aquela clássica divisão preto-branco.

Costas DEPOIS: Camadas bem marcadas, loiro não exageradamente aberto e entoando para o cinza. Muito movimento e segue na linha exuberante, mas de forma a não ser exagerado ou forçado.

Como só cabelos não basta quando falamos de salão, temos de pensar nas tendências de unhas, que estão cada vez mais exuberantes. As unhas mais queridinhas do momento são as francesinhas com cores alternativas, que chegaram com o lançamento de alguns adesivos para unhas que criavam esse efeito – e ironicamente ainda são muito raros em Porto Alegre, obrigando-nos a criar uma alternativa para não ficar de fora do modismo mais difundido do momento. 

Modelo: Fernanda Bellini Pinto.

Outra tendência forte e que pouco se vê por aqui é a unha de pelúcia. Nessa eu me arrisquei, para ver se termino com meu maldito hábito de roer unhas. Garantido é: você fica com nojinho de levar a mão à boca. Aliás, dá certo receio de fazer qualquer coisa com as unhas fofinhas como ficam, mas asseguram que a durabilidade do visual é similar a do esmalte normal. Tem de testar! 

Será que com isso consigo parar a unicofagia?

Vale a pena ousar. Vale a pena mudar. Arrisque-se a encontrar outra face sua, e descubra noas coisas. Hoje em dia, muitos profissionais estão aptos a darem novos caminhos apropriados para o seu visual, que pode te deixar muito mais próxima da imagem que você quer passar, e isso vale para roupas, maquiagem, sapatos, cabelos e tudo mais. Busque se melhorar. Busque se aprimorar. Esse é o grande segredo da moda atual.

E não se esqueça: Diga que é leitor d’O Café no salão e ganhe 10% de desconto em tudo o que quiser fazer em suas madeixas também! 

Avenida Assis Brasil, 3194, Passo d’Areia. Fone 3062.6465

Comentários

comentarios

Related Posts