Grace Kelly, princesa de Mônaco: figurino riquíssimo e algumas polêmicas

Mais um filme com um figurino luxuoso e digno da atenção e análise para os entendedores de moda. Grace de Mônaco, filme dirigido por Olivier Dahan, estreou em Cannes na última quarta-feira e gerou muitas polêmicas quanto à veracidade dos fatos apresentados no longa. Porém, no quesito figurino, a escolha das roupas foi satisfatória e agrada ao olhar mais exigente, como já era de se esperar tendo em vista o glamour do contexto social no qual a história se desenrola.

No papel de Grace Kelly, temos a alta e deslumbrante Nicole Kidman, arrasando na beleza e nos gestos primorosos, com seu olhar sofredor e intimidador ao mesmo tempo. Para criar a pele da personagem com precisão, a figurinista Gigi Lepage ficou responsável por conceder de maneira artística o brilho da identidade da atriz lendária à Nicole. Roupas, acessórios, bolsas e joias das marcas usadas por Grace Kelly foram selecionadas por Lepage para auxiliarem na incorporação da preciosa personagem. A bolsa Hermès apareceu, pois a marca tem uma bolsa com o nome da princesa a fim de homenageá-la. Esse ítem não poderia faltar, logicamente. E, assim como no Grande Gatsby, a Cartier apareceu com suas ricas peças, visto que Grace Kelly adorava essas jóias. Algumas delas foram especialmente recriadas para serem integradas no figurino do filme.

princess-grace-1959-cartiernicole

Lepage criou peças inspiradas nos modelos que a princesa usava, levando em consideração suas cores e combinações preferidas. Grifes renomadas como a Dior, Chanel, Jimmy Choo, Salvatore Ferragamo e Balenciaga também fizeram parte da elaboração dos looks para vestir Nicole Kidman. Os chapéus belíssimos usados pela atriz foram criados por Alexandre Barthet. A figurinista disse que é apaixonada por bordados, joias e toda e exuberância com a qual foi preciso trabalhar ao definir o figurino do filme, tendo se inspirado na moda dos anos 60.

Importante para o cinema e a moda, é bom lembrar que Edith Head criou peças para Grace Kelly que entraram para a história. Edith trabalhou com a atriz no filme Janela Indiscreta de Alfred Hitchcock e criou vestidos que acentuaram a beleza de Grace, abrindo ainda mais o caminho para que ela se tornasse um ícone fashion do cinema.

grace-kelly-in-sheer-edith-head-dress-from-rear-window sketch

 

No entanto, apesar  ter seu guarda-roupa recheado de peças de design requintado, Grace Kelly nunca ficou cega pelo brilho de seus diamantes e de suas sedas; exerceu a filantropia e não deixou de enxergar a realidade cruel dos mais necessitados. Há quem diga que o que mais se destaca no longa é o luxo do figurino, criado apenas para camuflar o drama vivido por Grace Kelly. Infelizmente, sabemos que cinema é cinema, e quando se trata de uma grande produção, de algum modo a beleza terá suas dimensões aumentadas para impressionar o olhar dos espectadores e intensificar o sonho induzido pela grande tela. Mesmo que esse sonho tenha na verdade sido um pesadelo cruel para quem viveu a verdadeira história.

graceofmonaco_2

 

[flagallery gid=78]

 

Assista ao trailer do filme para matar um pouco da curiosidade!

 

Comentários

comentarios

Related Posts