O desespero pela beleza – o que te move hoje?

corpo, padrao, moda, tendencia, conceito, beleza (1)A peça “Razões para ser Bonita” completou um ano em cartaz com apresentação em Porto Alegre, no Vivo Em Cena. Na peça, um debate sobre o que a beleza representa hoje na sociedade. Ao final da última sessão, domingo, um bate papo com os atores fez toda a plateia se perguntar o papel da beleza hoje, ou ainda mais, o que é ser belo hoje.

As noções sociais de beleza têm se tornado muito mais agressivas a todos. A pressão do “ser bela” afeta principalmente as mulheres, e cada vez mais cedo. A educação em casa, mesmo, tem sido associada com a estética: se uma coisa é certa, a criança é elogiada de “bonita” ou “linda”, se errada, é o já comum “que feio”. Desta forma, se fala mais em estética precocemente do que em ética ou respeito. Muito fala-se do Bullying, que habitualmente é consequência do desprezo ao que e “estranho”, “feio” ou “diferente” – reincidentemente, o mais desrespeitado é quem está fora dos padrões, o gordo, o míope, o muito alto (…).

corpo, padrao, moda, tendencia, conceito, beleza (3)

Não podemos deixar de considerar que esses adjetivos são habitualmente vinculados a uma estética predeterminada,onde somos englobados com o conceito de que uma única estética é a correta. Mas esquecemos que nem sempre essa estética é correta: além de questões genéticas (uma pessoa de ombros largos e quadris largos nunca será esguia visualmente), a determinação de que ser magro é ser saudável faz muito sentido, fora os casos em que a estética sobe a mente. E nisso, não temos de pensar unicamente em anorexia e bulimia, mas até mesmo na obsessão pela forma da vez; Ano passado, mesmo, tentaram colocar como corpo ideal não a barriga chapada, mas a barriga para dentro. Há poucos anos, a forma ideal era a barriga malhada e musculosa.

corpo, padrao, moda, tendencia, conceito, beleza (6)

Hoje os ídolos das adolescentes brasileiras ainda são figuras unicamente visuais, tal como Gisele Bündchen.

Por outro lado, os resultados dessa busca pela beleza não costumam vir associados a satisfação ou felicidade. Até as pessoas mais bonitas se deparam com problemas causados pela beleza. Quem nunca viu algum comentário desprezando uma pessoa por sua aparência? Ou quem nunca se sentiu oprimida por ter um visual que não “impõe respeito”, ou que seja adequado a ocasião ou a profissão? Para tudo se tem estereótipos, e parece que no Brasil a aparência jovial e bem cuidada vem associada a displicência (quando, num número significativo de vezes, é exatamente o oposto), e que o visual mais maduro e cansado é sinônimo de confiabilidade.

foto_o_seu_corpo

Para criar a contradição, quando a idade começa a afetar a estética, as cirurgias plásticas faciais e o Botox associam um “Q” de desespero nas entrelinhas – e há poucos anos, no grande boom da cirurgia plástica, era sinônimo de status. O desespero por não aparentar a idade, unicamente, mostra que somos impostas a ser mulher desde muito cedo, e sem o direito de seguir o trajeto padrão da vida; Estaríamos condicionadas a não saber envelhecer?

Como podemos ver, a beleza vai e vem, tem tendências cada vez mais efêmeras, e poucos são os corpos que se sustentam se forem se modificando conforme o que a mídia incute na cabeça. Assim como família perfeita como a de alguma propaganda de margarina, a beleza que vemos na TV e nas revistas é fruto não de um esforço, mas de uma boa maquiagem, um bom cabeleireiro, uma luz bem focada (ou bem difusa) e, quiçá, um bom photoshop. Trazer essa imagem de perfeição ao cotidiano, além de gerar pessoas cada vez mais neuróticas e crianças cada vez mais sexualizadas precocemente, ainda tem colaborado para as pessoas se focarem em serem valorizadas unicamente por seu visual – se você pensar nas redes sociais, verá que está se criando uma distância muito grande entre a imagem e os valores pessoais. Sendo assim, o que é ser bonita hoje?

Para mim, ser bonita é ser harmônica, ascendente e feliz. E, sim, isso transparece em qualquer momento do cotidiano.

corpo, padrao, moda, tendencia, conceito, beleza (5)

Comentários

comentarios

Related Posts