“Pela Janela” abre a programação 2018 do Cinebancários, no Projeto Sessão Vitrine Petrobras

PELA JANELA, primeiro longa da cineasta Caroline Leone, conta a história de Rosália, uma operária de 65 anos que dedicou a vida ao trabalho em um fábrica de reatores da periferia de São Paulo. Ela é demitida, e, deprimida, é consolada pelo irmão José, que resolve levá-la a Buenos Aires em uma viagem de carro. Na viagem, Rosália vê pela primeira vez um mundo desconhecido e distante de sua vida cotidiana, iniciando uma jornada de libertação e transformação interior.

O filme participou de 18 festivais nacionais e internacionais em 2017 e foi premiado com o FIPRESCI, prêmio da crítica internacional de cinema, no Festival de Rotterdam, realizado no início do ano, onde foi exibido na seção Bright Future, que apresenta títulos de diretores estreantes. No Washington, DC International Film Festival, que aconteceu em maio, PELA JANELA recebeu o prêmio especial do Júri. Em novembro, o longa ganhou o prêmio de melhor filme no XIII Panorama Internacional Coisa de Cinema, que acontece em Salvador.

Produzido por Sara Silveira e Maria Ionescu, da Dezenove Som e Imagens, em coprodução com a argentina Rizoma Films, PELA JANELA é um filme de estrada, rodado entre São Paulo e Buenos Aires.

Atenção: Os valores dos ingressos no CineBancários serão reajustados partir de 01 de fevereiro, passando a R$ 12,00 . Estudantes, idosos, pessoas com deficiência, bancários sindicalizados e jornalistas sindicalizados pagarão R$6,00. Os ingressos podem ser adquiridos no local ou no site ingresso.com . Aceitamos os cartões Banricompras, Visa e Mastercard.

Grade de Horarios no Cinebancários

Estreia: 01 de Fevereiro às 15 hs.

Outros horários: De 01 a 14 de Fevereiro, às 17 e 19 horas. Lembramos que o Cinebancários não tem exibições as segundas-feiras.

Caroline Leone escreveu e dirigiu dois premiados curtasmetragens. Paralelamente aos seus trabalhos como diretora e roteirista, atua também como montadora. Seu primeiro curta, Dalva, viajou por mais de 20 festivais internacionais, além de ter conquistado prêmios como Melhor Filme Latino Americano no Festival Internacional de Bilbao e o Prêmio Revelação no Festival Internacional de São Paulo. Seu segundo curta Joyce, repetiu o sucesso do filme anterior, e participou de mais de 30 festivais, recebendo o prêmio de Melhor Filme de Curta-Metragem no Festival do Rio, entre outros.

Sobre a SESSÃO VITRINE PETROBRAS

Projeto de distribuição coletiva criado pela Vitrine Filmes, com o intuito de levar ao público um cinema de qualidade, original, que retrata a cultura do país e que se destaca nos principais festivais brasileiros e internacionais. Em 2017, a SESSÃO VITRINE PETROBRAS fica em cartaz permanentemente, com ingressos reduzidos de até R$ 12. Agora com um lançamento por mês e horários fixos em cinemas de mais de 20 cidades, com sessões diárias ou semanais, dependendo da demanda de cada praça. Tornando-se uma agenda cultural para o espectador, fortalecendo o circuito alternativo e investindo na formação de novas plateias.

Serviço: Os ingressos são vendidos a preço reduzido, através da bilheteria ou “Cartão Fidelidade SESSÃO VITRINE PETROBRAS”, que poderá ser adquirido no site do projeto. Valor máximo do ingresso: R$ 12 (inteira) / R$ 6 (meia) – variando de acordo com a cidade.

Mais informações sobre a SESSÃO VITRINE PETROBRAS no site ou no   Facebook;

Ficha Técnica

Brasil | Argentina, 2017, 84 min. Roteiro e direção: Caroline Leone Produção: Dezenove Som e Imagens (Brasil)/Sara Silveira e Maria Ionescu Co-Produção: Rizoma Films(Argentina)/Hernán Musaluppi e Natacha Cervi Produção Executiva: Maria Ionescu (Brasil) e Georgina Baisch (Argentina) Direção de Fotografia: Claudio Leone Montagem: Anita Remón (Argentina) e Caroline Leone Direção de Arte: Juan Giribaldi (Argentina) Figurinista: Cassio Brasil (Brasil) e Julieta Gantov (Argentina) Direção de Produção: Cristina Alves Diretor de Som: Martin Grignaschi (Argentina) Som Técnico: Federico Billordo (Argentina) Elenco Principal: Magali Biff (Rosália) e Cacá Amaral (José) Distribuição: Vitrine Filmes

Produtora

DEZENOVE SOM E IMAGENS A Dezenove Som e Imagens produziu alguns dos filmes de maior destaque na cinematografia nacional. Fundada em 1991 pelo cineasta Carlos Reichenbach e pela produtora Sara Silveira, a Dezenove conta, desde seu início, com a parceria de Maria Ionescu, executiva de todas as produções e coproduções realizadas pela empresa, que sempre marcou forte presença nos festivais nacionais e internacionais em seus 25 anos de vida.

Distribuição

VITRINE FILMES

Em sete anos, a Vitrine Filmes distribuiu mais de 70 filmes. Entre seus maiores sucessos estão Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, que alcançou mais de 200 mil espectadores; O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho, considerado pelo New York Times um dos melhores filmes de 2012; o americano Frances Ha, indicado ao Globo de Ouro em 2014; Califórnia, filme de estreia de Marina Person, selecionado para o Festival de Tribeca; Mãe Só Há Uma, de Anna Muylaert, diretora do premiado Que Horas Ela Volta?; Aquarius, segundo longa de Kleber Mendonça Filho que competiu no Festival de Cannes e já levou 350 mil espectadores aos cinemas; e o documentário Cinema Novo, de Eryk Rocha, também selecionado para o festival.

Parcerias

O filme foi desenvolvido com a ajuda concedida pela Ibermedia e realizado com incentivo da ANCINE / FSA, BRDE, Secretaria do Estado da Cultura de São Paulo/Sabesp, Proac SP e Canal Brasil. E com a coprodução argentina, com apoio do INCAA.

Comments

comments

Related Posts