“Não existem acordos entre Rubros e Anis”: financiamento coletivo para filme que enaltece a produção de cinema fantástico independente protagonizado e feito por mulheres

“Não existem acordos entre Rubros e Anis” é um curta-metragem que se passa entre os anos 80 e 90 e traz caracteristicas de realismo fantástico, terror e drama em sua narrativa. O filme, produzido majoritariamente por alunos do quinto semestre do curso de cinema da Universidade Federal de Pelotas, juntamente com Cezanne Filmes e Cambia Audiovisual, está em sua fase de pré-produção, tendo suas gravações no mês de julho.

“Não existem acordos entre Rubros e Anis” conta a história de Tássila, uma menina extraterreste de sangue azul, que ao chegar ao planeta Terra, se dá conta que para sobreviver precisará dar um jeito de avermelhar seu sangue, substituindo-o ao longo da vida pelo sangue humano. O filme a acompanha nas duas fases de sua vida, aos 12 e aos 21 anos, e as diferentes formas ao longo do tempo de Tássila garantir sua sobrevivência. Sua jornada é acompanhada por um Ovo de formato e características singulares, onde o mesmo funciona como um guia espiritual de seu planeta de origem.

Tássila é interpretada por Clara Gallo, protagonista do longa-metragem “Califórnia” de Marina Person, lançado em 2015.

No quesito produção executiva, estamos trabalhando o orçamento de forma independente e até o momento, nos autogerindo, para conseguirmos aumentar nossas metas, estamos abrindo um financiamento coletivo online no site Catarse, com enfase na direção de Arte, departamento do qual irá necessitar os maiores cuidados, visto que o filme se passa em outra época e tem toques fantásticos.

Reunião de equipe

A equipe possui mulheres em cargos de extrema importância como Direção e roteiro, por Victoria Araújo e direção de fotografia, por Julia Leite, além  de diversas assistências, questão da qual se faz muito importante no cenário atual, visto que apenas 20% das produções audiovisuais nacionais são encabeçadas por mulheres.

Making Of

Saiba mais como apoiar o filme pelo Catarse e pelo Facebook.

Comments

comments

Related Posts