“Elon não acredita na morte” entra em cartaz na Sessão Vitrine Petrobrás, no Cinebancários

Primeiro longa-metragem do diretor Ricardo Alves Jr., Elon não acredita na morte, entra em cartaz no CineBancários no dia 27 de abril, na sessão das 17h, distribuído pelo projeto Sessão Vitrine Petrobras. O thriller mineiro conta a história de Elon (Rômulo Braga), um vigia em busca da sua mulher desaparecida. Rodada em Belo Horizonte, a produção, através do mote do filme, discute a ausência, solidão e os limites da sanidade nas grandes e labirínticas metrópoles.

Elon é um personagem que busca alguém e que, de alguma maneira, vai colhendo pistas aqui e ali. O filme está construído sobre uma ‘narrativa tensional’ para esclarecer a sensação de agonia desencadeada por um enredo misterioso, gerando uma apreensão no espectador. O diretor explica: “Elon é um Orfeu contemporâneo, perdido numa grande metrópole, atormentado, sem saber o que está de fato acontecendo – ou sem poder acreditar no que está acontecendo, aos poucos vai se desintegrando. De alguma maneira, o personagem do Elon dialoga com o mito grego do Orfeu que desce ao inferno na busca pelo amor perdido e por consequência em busca de si mesmo.”.

Antes mesmo de estrear nos cinemas brasileiros, o filme já fez sucesso nos festivais por onde passou. Elon não acredita na morte foi exibido 49ª edição Festival de Cinema de Brasília, onde recebeu o prêmio de Melhor Ator para Rômulo Braga, e teve sua estreia internacional no Festival de Cinema de Macau, na China, onde ganhou o prêmio de contribuição artística, seguido do Festival internacional de cinema de Roterdã, na Holanda.

Produzido pela mineira EntreFilmes, e co-produzido pelas paulistas Sancho Filmes e Punta Colorada de Cinema, Elon não acredita na morte traz um personagem invisível de uma grande cidade, num país derruído.  Numa atmosfera fascinante, sombria e claustrofóbica – um reflexo do mundo interno do personagem – o filme revela um homem atormentado, que na busca por sua esposa está perto de encontrar consigo mesmo e seus próprios fantasmas.

SINOPSE

Após o desaparecimento de sua esposa Madalena, Elon imerge em uma jornada insone pelos cantos mais sombrios da cidade, buscando entender o que pode ter acontecido com ela, na tentativa de não perder sua sanidade pelo caminho.

SOBRE O DIRETOR

Ricardo Alves Jr. nasceu em Belo Horizonte em 1982. É roteirista, diretor de teatro e cinema, responsável pelos curtas Material Bruto (2006), Convite para Jantar com o Camarada Stalin (2007), Permanências (2010) e Tremor (2013). Suas obras foram exibidas em festivais como Semana da Crítica do Festival de Cannes, Rotterdam, Locarno, Oberhausen, Bafici, Santa Maria da Feira, Janela Internacional do Recife, Festival do Rio, Mostra de Tiradentes, entre outros, além de importantes museus como o Centre Pompidou, Paris, e o Reina Sofia, de Madri.  Montou o filme “Avanti Popolo” 2013 de Michael Wahrmann. Elon não acredita na morte é seu primeiro longa-metragem.

ELENCO

O filme é protagonizado por Rômulo Braga, ator de “Mutum” de Sandra Kogut, “Sangue azul” de Lirio Ferreira e recentemente no filme “Joaquim” de Marcelo Gomes. Interpretando Madelena está a atriz Franco-brasileira Clara Choveaux, protagonista de “Tiresia”, que concorreu à Palma de Ouro no Festival de Cannes, dirigido por Bertrand Bonello. Rodeando o protagonista está o autor, cartunista e ator Lourenço Mutarelli de “Que horas ela Volta? ” da Anna Muylaert. Completa o elenco, numa participação especial, a atriz e dramaturga teatral Grace Passô, e Germano Melo, dos filmes “Aquarius” de Kleber Mendonza Filho e “Sinfonia da Necropóle” de Juliana Rojas.

PRÊMIOS E FESTIVAIS

49º Festival de Brasília de Cinema Brasileiro – Prêmio de Melhor Ator – Rômulo Braga

40ª Mostra Internacional de Cinema

Festival Internacional de Cinema de Macau- Prêmio de Contribuição Artística

Festival Internacional de cinema de Roterdã

Festival Internacional de Cine de Cartagena de Indias

IndieLisboa International Independent Film Festival

Bafici – Argentina

Semana dos Realizadores – Prêmio Especial do Júri Oficial e Prêmio Especial de Direção pelo Júri Jovem

FICHA TÉCNICA

(Brasil / 2016 / 75min)

Direção: Ricardo Alves Jr.

Elenco: Rômulo Braga, Clara Choveaux, Lourenço Mutarelli, Grace Passô, Germano Melo

Classificação: 16 anos

Produtores: Thiago Macêdo e Ricardo Alves Jr.

Coprodutores: Michael Wahrmann, Julia Alves e Silvia Cruz

Produtor Associado: Ivan Granovsky

Roteiro: Ricardo Alves Jr., Germano Melo, João Salaviza and Diego Hoefel

Produtor Executivo: Thiago Macêdo Correia

Coordenadora de Produção: Marcella Jacques

Fotografia: Matheus Rocha

Design de Produção/Direção de Arte: Diogo Hayashi

Figurino: Tati Boaventura

Edição: Frederico Benevides & Michael Wahrmann

Som: Pablo Lamar

Trilha Sonora: Daniel Saavedra

Música: “New Amsterdam” by Moondog

Elenco adicional: Silvana Stein, Eduardo Moreira, Claudio Marcio e Helvecio Alves Izabel

Distribuição: Vitrine Filmes

Elon não acredita na morte estará em cartaz no Cinebancários do dia 27 de abril a 03 de maio, sempre na sessão das 17 hs. Lembramos que o Cinebancários não tem sessões segundas-feiras. 

Os ingressos podem ser adquiridos no local a R$10,00. Estudantes, idosos, pessoas com deficiência, bancários sindicalizados e jornalistas sindicalizados pagam R$5,00. Aceitamos os cartões Banricompras, Visa e Mastercard.

O Cinebancários é parceira do Sessão Vitrine Petrobras em Porto Alegre, destinando permanentemente sua sessão diária das 17h a um lançamento nacional que ficará em cartaz por duas semanas. O Sessão Vitrine Petrobras é um projeto de distribuição coletiva da Vitrine Filmes, que tem como objetivo levar ao público um cinema de qualidade, original, que retrata a cultura do país e que se destaca nos principais festivais brasileiros e internacionais. Mais de vinte cidades brasileiras fazem parte do projeto, fortalecendo assim o circuito alternativo nacional, ao mesmo tempo em que investe na formação de novas plateias.

 

Comments

comments

Related Posts