Walter Pax ministra Oficina de Introdução ao Storyboard na Galeria Hipotética

Walter Pax é o ilustrador gaúcho responsável pelos desenhos da edição brasileira do famoso RPG Chamado de Chtulhu (editora Terra Incógnita). Também fez parte da elogiada antologia em quadrinhos 27SEVEN-Vol2 (Image Comics), indicada ao prêmio Eisner como melhor antologia em quadrinhos. Além de ilustrar livros e HQ’s, atua há duas décadas como storyboarder e concept designer para filmes publicitários, cinema e TV. Em 2015 lançou seu artbook Love, inspirado na obra do escritor H.P. Lovecraft, e cujos originais lhe renderam uma exposição na Galeria Hipotética, em Porto Alegre.

O storyboard é a pré-visualização de uma história a ser filmada. O artista responsável pelo storyboard organiza as cenas em imagens e símbolos de forma a tornar reconhecíveis as ações e o desenvolvimento da história dentro de um filme. O storyboard traduz o roteiro em uma primeira narrativa visual que servirá de base a ser seguida pela produção, já passando toda a ideia de enquadramento, movimento de câmera, planos, etc.

Storyboard_Topo_Página_900x500_Walter
A técnica vem sendo utilizada pelo cinema e pela tevê desde q foi introduzida pelo estúdio Disney na década de 1920 e hoje é uma ferramenta indispensável na produção de qualquer obra audiovisual, seja ela uma produção de animação (2D, 3D) ou live action (um filme ou comercial de tevê).
A oficina propõe um mergulho no universo do storyboard, abordando as técnicas e o desenvolvimento dessa fascinante ferramenta artística com base na abordagem utilizada pelo professor em seu dia a dia profissional.

A oficina terá três módulos, com o conteúdo organizado da seguinte forma:

Introdução:
Nesta introdução, o aluno terá contato com diversos storyboards do artista, bem como uma breve história da produção do storyboard, quais as suas peculiaridades e mercado de trabalho.
– O que exatamente é um storyboard?
– Qual a sua utilidade?
– Como funciona?

Desenvolvimento I:
Aqui, o aluno vai aprender algumas das principais ferramentas da produção do storyboard e ter contato com a linguagem cinematográfica necessária para produzir um bom trabalho.
– Enquadramentos
– Perspectiva
– Economia de linhas

Desenvolvimento II:
Neste módulo, o aluno vai partir para a prática com base no que aprendeu nos módulos anteriores, com a orientação do professor.
– Como desenvolver seu storyboard a partir de um roteiro
– Decupando o roteiro
– Trabalho prático usando como base um roteiro decupado

Para saber mais e/ou se inscrever, clique aqui. 

Comentários

comments

Related Posts