Abre hoje a exposição individual “Desert Skate Rock | Paracas Skatepark Ancestral”, por Diego Sarmento, no Studio Q

O Studio Q recebe a partir do dia 19 de novembro, a exposição individual itinerante do fotógrafo Diego Sarmento. A mostra apresenta um conjunto de imagens autorais da série “Desert Skate Rock | Paracas Skatepark Ancestral”, realizada no Deserto de Paracas, localizado a cerca 250 km de Lima, capital do Peru. A coletânea retrata uma visão particular do skateboard, de forma minimalista, evidenciando sua relação com a arte.

O Deserto de Paracas é um lugar místico e mágico, envolvido pela cultura de uma das civilizações antigas mais intrigantes do Peru. Uma área onde as águas geladas do Pacífico encontram a imensidão do deserto e seus ventos fortes esculpem formações impressionantes.

O que ninguém poderia imaginar é que este território poderia proporcionar uma incrível e deslumbrante sessão de skate. As rochas esculpidas pela areia e o vento formam rampas e chão liso, criando um verdadeiro parque de diversões para um skatista – talvez o skatepark mais antigo do mundo.

Em janeiro de 2015, o fotógrafo Diego Sarmento e os skatistas brasileiros Biano Bianchin e Daniel Crazy se juntaram com mais sete integrantes locais e iniciaram a viagem que os levaria a esse local pouco explorado. Caranguejos, lagartos, flamingos e leões marinhos foram algumas das peças desse espetáculo da natureza, além da paisagem única: de um lado o oceano e do outro montanhas e dunas de areia infinitas.

A exposição conta essa aventura e traz uma reflexão sobre o skate e seus limites geográficos, saindo do seu habitat urbano e ultrapassando o comum. As obras procuram despertar uma sensação de fascínio e mistério, buscando aguçar e curiosidade do público para o acontecimento. Além disso, seu processo criativo tem foco na estética, plasticidade e harmonia entre os skatistas e o seu redor, buscando a beleza e simplicidade da ação.skate studio q

Sobre Diego Sarmento

O fotógrafo, designer e skatista Diego Sarmento começou a fotografar com os amigos ainda na era analógica durante as sessões de skate.  A motivação para fotografar vem de uma manobra ou qualquer situação que o faça perceber o lugar de uma maneira única. Essa percepção da fotografia surgiu da sua experiência da época em que era skatista, influente no meio e de reconhecimento em todo o Brasil.

Diego já teve suas fotos publicadas em diversas capas e publicações nacionais e internacionais em mídias especializadas. Também teve seus trabalhos vinculados a grandes marcas como Volcom e Evoke – apoiadoras dessa exposição individual. Além disso, o fotógrafo dedica parte do seu tempo a viagens que o levem em situações e locais que ainda o skate não é corriqueiro, como Cuba e o próprio Deserto de Parcas, no Peru.

A exposição fica em cartaz até o dia 04 de dezembro, de segunda à sexta das 9h às 19h.

Exposição individual “Desert Skate Rock | Paracas Skatepark Ancestral” por Diego Sarmento

Abertura: 19 de novembro, das 19h às 21h30

Visitação: Até 04 de dezembro, de segunda à sexta das 9h às 19h
Local: Studio Q (Rua Dr. Timóteo, 395 – Porto Alegre/RS)
Entrada Franca

Comentários

comments

Related Posts